Sábado, 19 de Abril de 2008

Folha-8b

Um Pedaço da Nossa Terra

-----------------------------------------

          Com a sua capelinha consagrada a Santo António, uma escola primária, um cemitério local e uma laboriosa população rural entregue ao arranjo dos canchos, várzeas e bouças tão características daquela sedutora povoação alcandorada no topo daquela também encantadora colina que mais parece um patamar de acesso ao conhecido alto da Toutuça, a aldeia de Vila Chã é, podemos dizer, a rainha duma pequena mas muito curiosa mesopotâmia que as águas do da Cabril e do Cabrão artisticamente moldou em território das antigas Ferrarias de Entre Tâmega e Douro.

          Sendo uma das sete povoações que formam a freguesia de São Pedro de Vilar de Ferreiros, a aldeia de Vila Chã é também parte da vizinha freguesia do Bilhó. Facto que tem levado alguns tratadistas menos informados a integrá-la erradamente por inteiro nos limites desta última autarquia quando na verdade Vila Chã já no séc.  XIII fazia parte do território da actual freguesia de Vilar de Ferreiros com a designação de Villar Plano

          Na conta dos menos esclarecidos é com certa pena que incluímos aqui os responsáveis da "Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira"  pelo capitulo correspondente a Vila Chã; pois que no referente à nossa, a localiza apenas no Bilhó. E muito embora essa falta de rigor histórico não nos prejudique frontalmente o direito à posse de um pedaço da nossa terra, entendemos ser conveniente trazer ao conhecimmento dos nossos autarcas toda a prosa que nos motivou o presente comentário, ora vejam: " Vila Chã - lugar da freguesia do Bilhó, concelho de Mondim de Basto.

          Trata-se de povoação muito anterior, pelo menos em origem, ao séc. XII, não só pela arqueologia das imediações ( edificios de tipo dolménico e castros, um talvez ao nascente no alto da Tontuça, isto é, antigamente Toutuça,  derivado de "Touta" < lat. capita, pelo sufixo - uça) mas ainda pela toponímia, pois que o elemento vila revela "villa" agrária, quie existiu num plaino abaixo do cume da Tontuça e sobre a margem esquerda do rio antigamente chamado Ovelhó (de Oveliola), origem de Bilhó, designação da freguesia a que pertence o lugar".

          O  rio em questão é como se sabe o rio Cabril, afluente do Tâmega, e que no lugar  das Mestas recebe as águas do ribeiro Cabrão após este contornar Vila Ch«a pela margem direita e atravessar a nossa aldeia de Covas, vizinha das famosas "Fisgas de Ermelo"

Costa Pereira

===================================   

Reflexão

O Amor e o Ódio

------------------------

Por: António Meixedo

           O Amor é a palavra abstrata mais significativa de qualquer gramática.

          O ódio é semelhante a dois condutores de cargas diferentes que ao tocarem-se se repelem dando origem a desastrosas consequências.

          O Amor gera a paz e a concórdia entre os homens, filhos de Deus.

          O ódio é uma força que repele.

          O Amor é uma força que atrai .

xxx

          Tomando a correcta análise feita do Amor pelo nosso amigo Meixedo, vamos procurar tratar o amor com mais amor.

continua     

publicado por aquimetem às 00:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Folha Informativa do GFRV

. Folh-33d

. Folha -33b

. Folha-33c

. Folha-33

. Folha-32b

. Folha-32

. Folha-32c

. Folha-32d

. Folha-31b

.arquivos

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. paula-travelho

. Boletim ou Folha - 1

. Bodas de Prata duma Prela...

. O valor a quem o tem !

. Razões para uma escolha

. Os manos

. BTT- Fisgas de Ermelo - S...

. Coisas que não esquecem

. Errar é próprio do homem

. Laranjeiras

blogs SAPO

.subscrever feeds