Quinta-feira, 10 de Abril de 2008

Folha-7c

          Primeiro um "villar" inicial, no sentido territorial agrário, depois derivado ao seu desenvolvimento económico e social, com o sentido actual de vila, que acabaria por perder, a povoação de Vilar de Ferreiros ao longo dos séculos conservou a sua qualidade de sede administrativa e religiosa que nasceu e se organizou à sombra dos montes fortificados dos Palhaços  e Toutuça.

          A discrição vai longa e a paciência do leitor tem limites. Por isso fico-me por aqui, convencido de que divulgando a história da nossa terra prestei pelo menos...homenagem aos nossos antepassados.

Costa Pereira

==============================   

Os Moinhos d'Água

          Ao percorrer as margens dos rioos e ribeiras da nossa terra ou seguindo o curso das muitas "levadas" de regadio existentes por todo o território das antigas Ferrarias, o viajante deppara a cada passo com uma ou outra construção modesta donde sai um som harmonioso e ritmado que parece convidá-lo a suspender a marcha: é o conjunto barulhento do movimento do rodizio,mó e taramela, originnado por acção da água contra as penas...    

          De remota origem, estes engenhos representam na história das comunidades rurais um sinal de independência em relação à forma de se bastarem a si proprias, transformando os cereais que a terra produz sem necessidade de saírem do seu povoado.

Portanto os poeticos moinhos d'água são monumentos históricos e etnográficos que as populações actuais têm o dever moral e civico de defender.

C.P.

=================================

ABADE DE MIRAGAIA

          Nasceu, em Corvaceira, freguesia de Penajóia, a 14 de Novembro de 1833, e faleceu no Porto, a 17 de Junho de 1913.

          Foi durante 49 anoos, até à morte, pároco de Miragaia, embora antes tivesse sido apresentado e colado da abadia  de Távora; como primeiro havia sido examinnador prosinodal e professor do seminário de Lamego, onde concluiu o curso do seminário em 1850. Em 1856 formou-se em Teologia na Universidade de Coimbra e chegou a exercer as funções de Vigário Geral da sua diocese (Lamego).

          Colocado na igreja de Miragaia ,em 18864, colaborou com Pinho Leal  na publicação de: "Maria Coroada ou cisma da Granja de Tedo", 1879, que é a história de um célebre pseudo-hermafrodita, António ou Antónia  Custódio  das Neves , que depois faleceu no incendio do Teatro Baquet.

          Depois da morte de Pinho Leal, em 1884, ficou interrompida a publicação do dicionário "Portugal Antigo e Moderno", que ia no Tombo X e no artigo Viana-do- Castelo.

O Abade de Miragaia, padre Pedro Augusto Ferreira, que fora um dos seus colaboradores foi convidado  continuar a  obra, publicando -se assim o final do tomo X e os tomos XI e XII.

          Era sócio da Associação dos Arquitectoos e Arqueólogos Portugueses e " Sociedade Camoneana".

          A freguesia de Vilar de Ferreiros teve no Adade de Miragaia o seu mais foamoso divulgador  histórico.

          Era amigo pessoal do padre Rodrigues de Morais, a quem também muito deve a nossa freguesia.

Costa Pereira

continua

publicado por aquimetem às 00:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Folha Informativa do GFRV

. Folh-33d

. Folha -33b

. Folha-33c

. Folha-33

. Folha-32b

. Folha-32

. Folha-32c

. Folha-32d

. Folha-31b

.arquivos

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. paula-travelho

. Boletim ou Folha - 1

. Bodas de Prata duma Prela...

. O valor a quem o tem !

. Razões para uma escolha

. Os manos

. BTT- Fisgas de Ermelo - S...

. Coisas que não esquecem

. Errar é próprio do homem

. Laranjeiras

blogs SAPO

.subscrever feeds