Sexta-feira, 4 de Abril de 2008

Folha-7

< Editorial

          Por determinação estatutária decorreu, a seu tempo, mmais um acto eleitoral do qual resultou a eleição dos  novos corpos Gerentes da nossa Associação.

          Da ocorrência ressultou também a escolhha do  mmeu nome para presidir à nova Direcção e por aderência do cargo director desta Folha Informativa. Se dirigir um orgão executivo, como é a Direcção, exige trabalho e espírito de equipa, também dirigir um boletim com as caractrísticas da nossa Folha tem as suas dificuldades.

          Com isto pretendo allertar os prezados consócios , mormente os que já ocuparam lugares directivos em anteriores direcções , no sentido de apoiarem incondicionalmente aqueles que agora começam.

          Lá diz o adágio: " Aonde todos trabalham,  Deus ajuda".

O Director

Eduardo Pires M. Miranda

===========================

Origens da Nossa Terra

          Com origem na ocupação e exploração da terra chã e ribeirnha que a seu tempo os habitantes do cimo das montanhas começaram a fazer nas proximidades dos castros, o território que constitui a actual freguesia de São Pedro de Vilar de Ferreiros  é não só consequência desse factor histórico, como também um motivo provocado pela necessidade das populações se unirem e organizarem social e administrativamente dentro da sua região .

          Embora se desconheça a data em que estes acontecimentos se deram, tudo indica ter sido muitos anos antes da Nacionalidade, visto existirem documentoos do século XIII a confirmarem que nessa ocasião já a unificação das diferentes aldeias se tinha dado e o território das antigas Ferrarias (actual freguesia de Vilar de Ferreiros) era o mesmo de agora, com a vantagem de nessa altura ter categoria municipal que lhe teria sido dada ou renovada pelos nossos primeiros reis.

          Talvez pela sua pouca importânciia naquela epoca e por não ficarem na linha divisória do território, excepto a aldeia  de Campos que é referenciada pelo topónimo "Crastueiro", só em documentos posteriores encontramos registadas as povoações de Covas, Pedreira e Cainha, que julgamos já esistiriam, porque como as demais deixam ver ou adivinhar sinais de castros nas vizinhanças.  

continua

publicado por aquimetem às 00:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Folha Informativa do GFRV

. Folh-33d

. Folha -33b

. Folha-33c

. Folha-33

. Folha-32b

. Folha-32

. Folha-32c

. Folha-32d

. Folha-31b

.arquivos

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. paula-travelho

. Boletim ou Folha - 1

. Bodas de Prata duma Prela...

. O valor a quem o tem !

. Razões para uma escolha

. Os manos

. BTT- Fisgas de Ermelo - S...

. Coisas que não esquecem

. Errar é próprio do homem

. Laranjeiras

blogs SAPO

.subscrever feeds