Segunda-feira, 7 de Abril de 2008

Folha -7b

 

          Mas para melhor se entender as origens da da nossa terra, que outrora foi muito importante no sector económico da região de Basto, mormente no campo da industria ou exploração mineral, vou transcrever parte do que diz o volume 35 da Enciclopédia Portuguesa e Brasileira, depois de ter seguido e comentado o Portugal Antigo e Moderno:  

          "Avultam no termo desta paróquia os montes: "Toumilo" (que parece ser um n.pessoal de origem germânica Toumiro, evolução de Teodemiro, sem dúvida) , " ao Sul,  coberto de medronheiros e pinheiros, e também produz cereais. Nele abundam lobos e se encontram ainda javalis....Tem uma grande depressão em frente da aldeia de Covas ( o que explicará topograficamente este topónimo),. "mas depois eleva-se bastante até ao Alto da Toutuça" (ou Tontuça, que veio de Toutoça, derivado notável de " Touta< capita, o que explica perfeitamente o significado toponímico de acordo com a topografia de sempre).

          Monte Farinha , ao Norte de Vilar de Ferreiros, e coroado pela capela de Nossa Senhora da Graça. Montes Palhaços (de um termo arcaico "Palhaços", derivado de palha: cp. pedraço, telhaço,etc.), " a Nordeste. São notáveis estes montes porque neles se vêem largos cordões de pedra em montão, ruínas de muros antiquíssimos, que a tradição local diz serem obra de Mouros, e também dá o nome de Mina dos Mouros a uma gruta ou pequena galeria subterrânea, que ali se vê, na qual o povo julga existirem grandes tesouros guardados por uma moura encantada lindíssima".

          "Além do topónimo antroponímico Toumilo, de origem germânica, um eco da pré-nacionalidade da região, a toponímica pouco mais interesse oferece:

           Vila Chã contém o elemento arcaico "villa", com o adjectivo topgráfico bastante para se ver que não tem sentido municipal, mas territorial -agrário, que vigorou até ao século XIII (o que marca ao topónimo um limite de antiguidade no sentido directo); Vilarinho pode designar um "vilarinho" inicial ou povoação que nasceu cerca de Vilar e por isso tirou deste o nome, pelo diminutivo aconselhado pela posterioridade; Cainha deve reflectir o adjectivo "Cainha" (< lat. Canina), no sentido de relativa infertelidade ( sc terra cainha) , pouca produção; Pedreira pode significar um facto arqueológico; enfim Vilar de Ferreiros contém no termo toponímico Vilar ( o único inicialmente, pois de "Ferreiros" foi aplicado posteriormente para diistintivo dos muitos vilares do Norte do País; recorrendo a uma industria local, alias antiquíssima ) uma alusão a um "villar" estabelecido sobre si ( não parece aceitável aqui o inicio em fracção de "villa" agrária) talvez ainda muito antes da Nacionalidade. O determinativo deferenciador  "de Ferreiros" é muito moderno, e a verdade é que nada tem directamente, com a designação antiga  desta freguesiia, Ferrarias ( de "ferraria", oficina siderurgica) embora aluda ao mesmo facto".

continua

 

publicado por aquimetem às 00:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Folha Informativa do GFRV

. Folh-33d

. Folha -33b

. Folha-33c

. Folha-33

. Folha-32b

. Folha-32

. Folha-32c

. Folha-32d

. Folha-31b

.arquivos

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. paula-travelho

. Boletim ou Folha - 1

. Bodas de Prata duma Prela...

. O valor a quem o tem !

. Razões para uma escolha

. Os manos

. BTT- Fisgas de Ermelo - S...

. Coisas que não esquecem

. Errar é próprio do homem

. Laranjeiras

blogs SAPO

.subscrever feeds