Terça-feira, 18 de Março de 2008

Folha-5c

*****************************

Vindimas

          Introduzida na Península Ibérica pelos romanos, a videira é um arbusto sarmentoso da família das vitáceas, de folha caduca, que se dá bem nos climas quentes e  um tanto secos.

          No território que é hoje Portugal já se conhecia a videira há uns 4 ou 5 séculos antes de Cristo; sabendo-se também que um dos princípais elementos da vida das tribos Luso-Galáicas era a cultura da videira e fabrico caseiro do vinho, o que neste sentido muito deve tter contribuido a influência árabe na Península com pricessos anteriormente desconhecidos de cultivar a videira e de aproveitar, depois de fomentado, o sumo da uva.

Derivado à existência de muitas variedades de videira, de solos de composição diferentes, de climas diversos e de processos de cultura variáveis, fabricam-se em Portugal vinhos de aspecto, sabor e qualidade muito diferentes.

          Na zona de Basto, região demarcada de "Vinho Verde", predominam entre outars espécies de videiras as que produzem a uva borraçal, bugalhal, tinta pinheira e a tinta francesa, onde paralelamente ainda se aproveitam, apenas para consumo caseiro, as uvas da videira americana cujo vinho não pode ser comercializado, embora seja muito apreciado.

          Na freguesia de Vilar de Ferreiros a cultura da videira e o fabrico do vinho são de tradição remota. Já no século XIII os habitantes das Ferrarias de Entre Tâmega e Douro tinham que dar ao rei ou a quem o representava " unum quartarium de vino" anualmente.

          Mas para melhor falar desta  curiosa actividade económica  que na nossa freguesia e na região de Basto tanta importância tem, vamos ouvir o Sr. J.F. Borges Lopes : - Para se fazer a selecção de certas castas de uva é necessário enxertar as videiras quer seja  no "produtor directo", videira brava, quer noutra videira qualquer. É já com esta operação realizada que se consegue a uva que produz o chamado vinho nacional, caso isto não se fizesse, em vez de deste vinho que é altamente comercializado, tínhamos por regra o tradicional "vinho americano" cuja comercialização está proibida..

          Possuídas as vitáceas que na nossa terra são dispostas em bardos, ramadas ou dispersas pelos canchos e empoleiradas nas árvores mais fortes que lhe servem de tutor , a videira é podada entre Novembro e Fevereiro; para se começar depois, na Primavera, a tratar as folhas e o fruto com produtos químicos até à limpa que se dá por fins de Junho ou meados  de Julho.

          Amadurecida a uva, que é um fruto de Verão, inicia-se a sua colheita em fins de Setembro, onde para tal se reune o maior número possível de pessoas a quem são atribuídas entre outras actividades a de vindimador, lagareiro e pisadoor, e que desde essa data até fins de Outubro não têm mãos a medir. 

continua

publicado por aquimetem às 11:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Folha Informativa do GFRV

. Folh-33d

. Folha -33b

. Folha-33c

. Folha-33

. Folha-32b

. Folha-32

. Folha-32c

. Folha-32d

. Folha-31b

.arquivos

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. paula-travelho

. Boletim ou Folha - 1

. Bodas de Prata duma Prela...

. O valor a quem o tem !

. Razões para uma escolha

. Os manos

. BTT- Fisgas de Ermelo - S...

. Coisas que não esquecem

. Errar é próprio do homem

. Laranjeiras

blogs SAPO

.subscrever feeds