Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2009

Folha-32c

Nova Mesa da Irmandade

de Nossa Senhora da Graça

          POR DOM JOAQUIM GONÇALVES; POR MERCÊ DE DEUS E DA SANTA SÉ APOSTÓLICA,  BISPO DE VILA REAL.

          Encontrando-se dissolvida a Mesa da Irmandade de Nossa Senhora da Graça, Vilar de Ferreiros - Mondim de Basto, por pedido de demissão de Manuel António Borges da Silva (vice-Presidente) e de Armando Martins Cardoso (Tesoureiro) requerida pelos próprios, em Março de 1991;

          Tornando-se necessário constituir  uma Comissão Administrativa até à elaboração dos Estatutos próprios daquela Irmandade;

         Ouvido o respectivo Pároco de Vilar de Ferreiros, em cuja paróquia se situua o Santuário de Nossa Senhora da Graça; Hei por bem nomear para a referida Comissão os senhores:

          1 - Padre Manuel Joaquim Correia Guedes, Pároco de Vilar de Ferreiros (Presidente)

          2 - Manuel Lopes, casado, residente em Vilar de Ferreiros (Secretário) 

          3 - Manuel Mário Borges Lopes, casado, residente em Vilar de Ferreiros (Tesoureiro); e

          4 - Manuel da Silva Queirós, casado, residente em Vilar de Ferreiros (Vogal).

         Agradece-se aos membros demissionários a colaboração prestada e lembra-se aos elementos da nova Comissão Administrativa a obrigação de se cingir às prescrições do Direito Canónico no que tange à administração dos bens eclesiásticos, devendo, nos casos omissos, consultar a Vigararia Geral da Diocese

          Dada em Vila Real, aos 19 de Abril de 1991 

          + Joaquim Gonçalves, Bispo de Vila Real

         E eu, Monsenhor Eduardo Sarmento, Chanceler da Cúria, a subscrevi.

jjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjj  

O CAVADOR (Musa Alentejana)

          Sol-posto.  Enxada ao ombro, para a

                                                                 aldeia 

          Volta da cava, taciturno e lento,

          O velho cavador. No espaço anseia

          Uma angústia febril, na ânsia do

                                                                vento...

          Vem morto de fadiga e sofrimento;

          Cai na vasta paisagem que o rodeia

          Frio e noite; vão dar-lhe paz e alento

          A mulher andrajosa e a magra ceia;

Comem ambos agora ao pé do lume...

toda a sua ventura se resume

Na comunhão dessa hora benfazeja,

         A mulher, finda a ceia, num conforto,

         "Louvado seja Deus", murmura, e, absordo,

         Responde o cavador: " Louvado seja!"

Conde de Monsaraz

LLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL

VILAR DE FERREIROS

          Com a participação ou não dos responsáveis da nossa autarquia local, no passado mês de Março o "Dia Mundial da Floresta" foi também celebrado em São Pedro de Vilar de Ferreiros sob os auspícios do governador civil de Vila Real, Dr. Aires Querubim. Para assinalar a efeméride, nos nossos "Baldios do Curisco e Fojo" mais de 190 ha de sementeira foram ocupados e repovoado com 10.000 trutas o vizinho Olo em parceria com o nosso rio Cabril.

          Não faltando à iniciativa o bom conselho de ilustrar o acto com a introdução na respectiva área de mais exemplares de corças e perdizes que agora com  campo de alimentação e bebedouros torna mais fácil a vida selvagem ali.

          Do feito retiramos algumas conclusões que não sendo atrevidas nos granjearam  o reparo  de ver   tão ilustres visitantes penetrar nos "Baldios do Corisco e do Fojo" sem ao menos uma missa na capela de São José do Fojo que como sabemos pertece a Vilar de ferreiros. Será que petiscaram na tasca em frente que muito bem explora o guarda florestal do lugar? Também não sabemos se foi dado oportunidade à Junta da Freguesia de Vilar de Ferreiros de ir mostrar aos convidados as rauinas da capela de São Paulo e os calhaus do mesmo nome que são território nosso em litígio com a vila. Qualquer iniciativa cultural que se faça entre nós tem aceitação se não for demagógica  e comezinha, o que acreditamos deste vez não tenha sido.

          Que esta sementeira germine o azevinho e ervedeiro tradicionais da nossa montanha e sem recio dos caçadores criminosos do concelho reine o javali, a corçça, o lobo e a perdiz, dado que das Fisgas desapareceu a águia do Marão e da foz do Cabril a lontra vai ter a mesma sorte. Será que as trutas no cabril já foram postas a pensar-se no estómago esfomeado da lutra ou noutros estómagos ainda mais dilatados que o desse carnívero? O tempo o dirá e nós cá estamos para ver.

CP

          --------------

          In Terras de Basto, de 15 de Maio de 1991.

=============================

FEROSIDADE

          Quando um homem quer matar um tigre, é desporto; quando um tigre quer matar um homem , é ferosidade. - B. Shaw.

publicado por aquimetem às 00:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Folha Informativa do GFRV

. Folh-33d

. Folha -33b

. Folha-33c

. Folha-33

. Folha-32b

. Folha-32

. Folha-32c

. Folha-32d

. Folha-31b

.arquivos

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. paula-travelho

. Boletim ou Folha - 1

. Bodas de Prata duma Prela...

. O valor a quem o tem !

. Razões para uma escolha

. Os manos

. BTT- Fisgas de Ermelo - S...

. Coisas que não esquecem

. Errar é próprio do homem

. Laranjeiras

blogs SAPO

.subscrever feeds