Sábado, 1 de Março de 2008

da folha-3c

O Linho

          (Entrevista dirigida por: Adão Gonçalves de Carvalho e coordenada pelo redacção da Folha Informativa do GFRV )

           O linho é uma planta linácea das regiões quentes e temperadas que derivado ao valor das suas fibras produzidas pelas suas hastes desempenha elevado papel na industria têxtil .

          Em Portugal, sobretudo no norte, a cultura desta planta tem, ainda hoje, muitos adeptos, que não raro procedem à sua manufacturação desde a sementeira à tecelagem. Mantendo assim viva uma tradição secular outrora praticada pela quase generalidade das famílias rurais,  tal a importância do linho na vida das populações do campo e da cidade.  

          Para além da sua aplicação nos tecidos  e rendados, a semente do linho (a linhaça) tem variadas aplicações medicinais para uso popular e cientifico.

          A região de Basto foi até à bem poucos anos considerável centro produtor dessa valiosa linácea que as jovens lavradeiras habilmente cuidavam por processos artesanais ou semi-artesanais , de que são ainda exemplo os tradicionais "engenhos" do rio Tâmega e os teares caseiros existentes em algumas casas das aldeias das terras de Basto, mormente na freguesia de São Pedro de Vilar de Ferreiros, onde a cultura do linho e a sua transformação em tecido ainda é um facto, em 1980.  

         Para dar ao leitor uma ideia exacta das fases e operações porque passa esta linácea até chegar a bragal, vamos ouvir a Sra . Maria Madalena Ribeiro dos Reis, experimentada tecedeira e cultivadora de linho, do lugar de Bezerral (Vilarinho):

          A.G.C . - Sra. Maria Madalena, eu sei que a senhora foi durante muitos anos uma tecedeira destacada desta terra, ao mesmo tempo que cultivava o linho que tecia, porque deixou de tecer e semear esta planta?

          M.M - É verdade. Olhe, aqui há 40 ou 50 anos atrás havia pouco dinheiro para a gente gastar na feira e por isso o remédio  era tecer e semear  o linho para proveito da casa. Hoje as coisas melhoraram um pouco, as leiras são precisas para milho e o tear está ali a um canto, para recordação....

          AGC - Ainda há na freguesia muitas pessoas que cultivem linho e teçam?

         M.M  - Há sim, senhor. A Beatriz Carvalho de Morais, a Maria da Glória Carvalho d Morais, a Maria Joaquina Teixeira, a Maria  de Jesus Morais Pires, e outras; e pena tenho eu de já não poder também.

          A.G.C  - Sra. Madalena, em que mês são feitas as sementeiras do linho?

          M.M - São no Abril, fins de Abril. E as arrancadas por alturas do Sant'Iago. Havendo entretanto o linho inverneiro que é semeado em Novembro e arrancado também em Julho.   

          A.G.C - Que operações tem que se fazer desde a sementeira até ao arranque da planta?

          M.M . - Tem que ser regado umas 3 ou 4 vezes com  ajuda do "basculho" e tem de ser mondado para lhe tirar a "gorga" , erva daninha prejudicial ao seu crescimento.

  continua

 

publicado por aquimetem às 09:15
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Arte por um Canudo a 3 de Março de 2008 às 01:08
Pena é que a tradição não se mantenha.Como diz a senhora dantes havia pouco dinheiro e hoje já não é preciso assim. É bom sinal. Melhoria de vida. Força com estas divulgações.Um abraço


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Folha Informativa do GFRV

. Folh-33d

. Folha -33b

. Folha-33c

. Folha-33

. Folha-32b

. Folha-32

. Folha-32c

. Folha-32d

. Folha-31b

.arquivos

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. paula-travelho

. Boletim ou Folha - 1

. Bodas de Prata duma Prela...

. O valor a quem o tem !

. Razões para uma escolha

. Os manos

. BTT- Fisgas de Ermelo - S...

. Coisas que não esquecem

. Errar é próprio do homem

. Laranjeiras

blogs SAPO

.subscrever feeds