Terça-feira, 4 de Novembro de 2008

Folha-17c

 

António Senra

          Foi um distinto cultivador de Arte, em terras de Basto! A Poesia, a Música, o Teatro e a Pintura, fizeram parte do jardim espiritual de António Senra. Dons artísticos que a alma do poeta zelava, sem descuidar as relações humanas que tratou até final da sua vida física.

          Nascido em Cabeceiras de Basto, o senra viveu as últimas décadas de anos em Celorico, onde tive a sorte de o conhecer e depois graças à Imprensa local, ver nascer entre nós uma mútua admiração e amizade que na hora da partida...sua dilecta esposa pode testemunhar e me transmitir:

          " Porto, 27 /6/85

           Senhor Costa Pereira:

           É com mágoa que o informo de que faleceu o seu amigo António Senra.

           Faleceu no Hospital de Santo António - Porto

           Deixou-lhe  o último abraço antes de falecer

                                                                                           Sofia"

          Amigo também da nossa freguesia, são dele os versos inéditos que vou transcrever:

          " Marcha de São Pedro de Vilar de Ferreiros:

Nossa Vilar de Ferreiros

Com Ribeira Velha

Até ao Rio  Cabril,

E ainda o Monte Farinha

Onde a águia esvoaça,

É nele que mora Altiva,

Nossa Senhora da Graça!

O São Pedro é Padroeiro

Da nossa terra querida

Onde o trabalho no campo

Tem poesia louçã!

Bendito sejas Vilar,

Terra Nossa, que afinal

És Portugal a cantar.

                  Refrão

          Freguesia muito amada

          Entre campos e trabalho

          Que tem poesia e vida.

          É lá que mora também

          Desde a manhã ao sol-pôr,

          Aquele sagrado amor

          Pela nossa terra querida!

Nossa Senhora da Graça:

Tu és Sacrário alto

A dominar a paisagem

com céu lindo, sem igual!

Embora alguns interesseiros

Te digam que és só deles...

És de Vilar de FERREIROS!

No sopé da Tua ERMIDA

Como harpa sonorosa, corre,

O Tâmega corre, corre,

Gemendo doce murmúrio

Como a carpir suas mágoas.

E Tu SENHORA BENDITA,

Abençoas suas águas!

          Refrão

Freguesia muito amada,etc."

 ----------------------------

          Pela carta que segue os leitores perceberão o motivo porque parte destes versos são inéditos:

          " Amigo Costa Pereira:

          Estimo que tivesse passado Boas Festas Natalícias e Boas entradas do Ano Novo, na companhia de sua esposa e filhinha. Aí lhe mando um esquema poético. Recolha os  versos que melhor agradarem - entre os meus e os do Lopes.

          Foi o que se pode arranjar, meu bom amigo. De cérebro já cansado - não pode sair "coisa" de 1ª.

          É tudo. Cumprimentos à D. Saudade e um abraço forte do amigo

Senra.

          Celorico de Basto, 30/12/78"

-----------------------

          Foi a resposta do Senra ao pedido de colaboração que lhe solicitei para co-autor, com o também já saudoso José  Lopes, da Marcha de Vilar de Ferreiros. Seleccionei apenas o refrão.

          Obrigado António Senra. 

------------

CP

publicado por aquimetem às 19:08
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Folha Informativa do GFRV

. Folh-33d

. Folha -33b

. Folha-33c

. Folha-33

. Folha-32b

. Folha-32

. Folha-32c

. Folha-32d

. Folha-31b

.arquivos

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. paula-travelho

. Boletim ou Folha - 1

. Bodas de Prata duma Prela...

. O valor a quem o tem !

. Razões para uma escolha

. Os manos

. BTT- Fisgas de Ermelo - S...

. Coisas que não esquecem

. Errar é próprio do homem

. Laranjeiras

blogs SAPO

.subscrever feeds